CACI 1 e 2

Os Centros de Atividades e Capacitação para a Inclusão 1 e 2 funcionam mediante o acordo de cooperação com a Segurança Social, estabelecido para 30 Pessoas Servidas, em cada CACI.

Tendo como objetivo nas seguintes áreas de intervenção:

  • Desenvolvimento de competências relacionais, pessoais e sociais;
  • Promoção do bem-estar, da qualidade de vida, da ocupação e da interação com o meio;
  • Capacitação para a inclusão social e profissional.

Os CACI’s asseguram a prestação dos seguintes serviços:

  • Alimentação e cuidados pessoais
  • Apoio Terapêutico
  • Promoção e desenvolvimento do bem-estar físico, emocional, psíquico e social;
  • Transporte;
  • Apoio na capacitação dos cuidados informais.

As atividades desenvolvidas nos CACI’s compreendem:

  • Atividades Ocupacionais – atividades que visam garantir o conforto e bem-estar da pessoa com deficiência, mantendo-a ativa e motivada na realização das suas atividades de vida diária, tendo em vista o desenvolvimento das suas potencialidades, da autonomia e do seu equilíbrio físico, emocional e relacional, proporcionando-lhe, sempre que possível, a transição para programas de inclusão socioprofissional;
  • Atividades Terapêuticas – atividade que visam o desenvolvimento de intervenções de reabilitação psicossocial, através do estímulo e preservação das capacidades cognitivas, sensoriais e motoras, com o objetivo de ensinar e capacitar as pessoas com deficiência para o desenvolvimento das suas aptidões físicas, intelectuais e emocionais, necessárias à sua vida autónoma;
  • Atividades de interação com o meio – atividades que têm por objetivo desenvolver as competências pessoais, sociais e relacionais das pessoas com deficiência, estimulando a sua capacitação cognitiva e a sua socialização, mediante a realização e o envolvimento em experiências diversificadas na comunidade;
  • Atividades Socialmente Úteis– atividades que visam o treino de competências sociais e profissionais em contexto real de trabalho, devendo ser privilegiado o seu desenvolvimento em entidade externa ao CACI;
  • Atividades de qualificação para a inclusão social e profissional – visam o desenvolvimento das competências pessoais, profissionais e de participação social da pessoa com deficiência, com vista à sua autonomia e vida independente, designadamente, mediante o cumprimentos de um Plano Individual de Transição (PIT) para programas de inclusão socioprofissional ou para medidas de reabilitação profissional que possibilitem o exercício de uma cidadania plena, em igualdade de oportunidades, com os demais cidadãos.  

Os Centros de Atividades e Capacitação para a Inclusão funcionam das 08h30 às 18h00, de segunda a quinta-feira; e das 8h30 às 14h00, às sextas-feiras, durante os 12 meses.

São critérios de admissão no CACI os seguintes:

  1. Residir num dos concelhos de abrangência da Vários;
  2. Frequência de outra resposta social da Vários;
  3. Existência de uma deficiência grave, temporária ou permanente, impossibilitadora de integração no Mercado de Trabalho;
  4. Comprovação de que a sua situação não se enquadra no âmbito de aplicação legalmente definida para o emprego protegido;
  5. Ausência de retaguarda durante o dia;
  6. Integrar grupos economicamente desfavorecidos.

Os CACI’s cooperam e articulam com entidades e serviços da comunidade na área da educação, saúde, segurança social, emprego e formação profissional, promovendo iniciativas de trabalho em rede.

Diretoras Técnicas:

CACI 1 – Ana Rita Rosa

CACI 2 – Beatriz Ferreira